Reforma em casa: passo a passo

por 2 de abril de 2019Reformas e Manutenção

Fazer uma reforma em casa definitivamente não é uma tarefa fácil, mas ela pode ser mais efetiva quando se tem planejamento para executar diversas atividades, assim, o processo será mais tranquilo e a obra será concluída com mais assertividade. Aqui nesta matéria, você vai conferir algumas dicas para planejar e concluir uma reforma. Acompanhe!

Planejamento

A reforma não se resume em apenas decidir o que irá mudar, comprar o material e contratar funcionários para executarem a obra. Pesquisar o preço dos materiais antes de iniciar a reforma é essencial. E aqui cabe a ressalva: é sobre os preços de todos os materiais da reforma e não de um cômodo por vez, assim você pode fechar um orçamento e se organizar financeiramente com os custos.

Dentro desse planejamento feito com antecedência entra a escolha dos profissionais que irão atuar na reforma. Tendo tempo de sobra, você pode pesquisar mais sobre o trabalho desempenhado por cada um, média de valores e escolher quem mais te agrade. É importante lembrar que o custo da mão-de-obra não é baixo e, muitas vezes, acaba sendo igual ou superior ao que é gasto com acabamento.

Cronograma

Depois de fazer um orçamento e contratar profissionais, é preciso montar um cronograma do que será feito e quanto tempo levará cada etapa. Os profissionais podem te auxiliar nisso.

Você também pode fazer uma lista com todas as atividades que o profissional irá desempenhar e prazos estabelecidos e, inclusive, pode pedir para que ele assine, fazendo com que ele fique ciente das obrigações. Depois é só guardar a listinha. Ela poderá ajudar em casos de dor de cabeça.

Um cronograma feito com antecedência de meses permite que, após iniciada a obra, a conclusão seja no período que você deseja. Se você quiser ter em casa um jardim de inverno, por exemplo, o recomendado é começar durante o verão. Ou se você quiser uma piscina para curtir a estação mais quente do ano, a dica é começar a planejar isso já no inverno. E assim por diante. Imprevistos acontecem? Sim! Mas essas medidas irão te ajudar a evitar os prejuízos de uma obra parada.

Aqui segue um exemplo do passo a passo de uma reforma: demolição, alterações elétricas, projeto de iluminação, forro de gesso, assentamento do piso e marmoraria, instalação das luminárias, primeira demão de pintura, marcenaria, finalização dos acabamentos e, por último, retoque de pintura ou instalação de papel de parede e adesivos.

Dicas interessantes

Iniciar obra no final do ano não é legal. E aqui vão os motivos: os preços podem ser mais altos e as lojas podem não ter novidades em produtos.

Cuide com os períodos chuvosos, pois massas, cimentos e acabamentos podem demorar a secar. O resultado não será bom e você terá gastos para refazer.

Ah… E é sempre importante manter a obra limpa ao final de cada dia, com a coleta daqueles materiais que se tornaram entulho. Quando a reforma estiver concluída, é só fazer aquela limpeza caprichada para garantir a beleza do ambiente e curtir a casa nova.

 

Comments

comments

Faça um comentário