4 Dicas Essenciais Para Organizar Mudanças Residenciais

A mudança de casa pode significar um recomeço. A decisão, por sua vez, exige certo preparo, já que inclui preocupações práticas, como a arrumação e transporte de móveis e objetos particulares. Para guiá-lo por essa tarefa, selecionamos algumas dicas de organização que prometem colaborar para o bom andamento de mudanças residenciais. Saiba mais!

mudanca-residencial

  1. Programe-se com antecedência

O processo de mudança começa com a pesquisa por uma empresa responsável pelo transporte de seus pertences, sendo indicado solicitar orçamentos com antecedência. Ao optar pela empresa, certifique-se de fatores como o tamanho do caminhão, o número de profissionais envolvidos, os horários trabalhados, como se dá o processo de empacotamento e desmonte dos móveis, além de questões burocráticas, como a existência de contrato de serviço e seguro do transporte.

Caso a empresa não fique responsável pelo processo de organização dos pertences, reserve, pelo menos, uma semana para encaixotar os objetos. Tenha em mente que esse processo pode ser muito mais demorado e cansativo do que parece. Além disso, caso tais materiais não sejam providenciados pela empresa contratada, é preciso adquirir itens como caixas de papelão, pincel atômico, plástico bolha, fita adesiva e etiquetas para dar início à organização dos materiais.

  1. Avalie seus pertences

O momento de organização das caixas deve ser encarado como uma oportunidade para abrir mão de tudo o que não for mais necessário. Aqui, incluem-se roupas, acessórios, móveis e demais objetos não utilizados há algum tempo. Faça doações, venda e pratique o desapego para livrar-se de volumes que apenas servirão para ocupar espaço na mudança de casa.

  1. Proteja e sinalize objetos

Na hora de encher as caixas de mudança, divida tudo por cômodos, a fim de facilitar o processo de desembalar tudo na casa nova. É indicado ainda sinalizar as caixas, de acordo com seus respectivos locais de origem (“quarto”, “cozinha”) e ainda marcá-las como frágeis – caso acomode itens que podem ser quebrados facilmente ou de maior prioridade – que incluam materiais de uso mais frequente. Já para garantir a proteção de objetos delicados, o ideal é embalá-los com plástico bolha, jornal, mantas ou embalagens especiais, para prevenir impactos e possíveis estragos.

organizar-mudanca-casa

  1. Selecione itens de maior importância

Durante o processo de empacotamento, não esqueça de separar um “kit de sobrevivência” para utilizar ainda no dia da mudança. Selecione itens de primeira necessidade, como papel higiênico, roupas de cama, trocas de roupa, esponja de cozinha e alimentos que possam ser consumidos e armazenados sem a necessidade de eletrodomésticos, por exemplo.

A organização de itens prioritários favorece também o momento de desempacotar seus pertences. Isso porque, ao chegar na nova residência é fundamental distribuir as caixas já pensando onde será armazenado cada conteúdo.

Dica extra: não esqueça de notificar sua mudança de endereço para empresas e serviços, como telefone, TV por assinatura, internet, cartões, entre outros.

Com essas dicas de organização, preparar-se para a futura rotina em sua casa nova tende a ser muito mais simples. Aproveite e confira dicas de decoração para seu novo lar doce lar!

Imagens: tildacdn, mudatudo.

Comments

comments

Faça um comentário